Nota do Partido dos Trabalhadores de Maringá

Hoje, 6 de abril de 2018, é um dia triste por ser fixado na história como a data em que um juíz de primeira instância, sem qualquer prova, exige a prisão de um ex-presidente da República que tirou mais de quarenta milhões de pessoas da miséria. Presidente este, oriundo do povo, da classe trabalhadora, operário do chão de fábrica que forjou-se na luta. Lula sobreviveu à miséria e à fome e lutou   por direitos e condições dignas de trabalho em meio a uma ditadura repressora. Lula não representa só os petistas, representa toda a classe trabalhadora que teve emprego, formação e aumento de renda e direitos. Lula representa todo o povo sofrido do Nordeste que viu a água chegar em suas terras, teve o que comer bem como viu investimentos e obras chegarem a uma região sempre esquecida. Lula representa todos\as aqueles\as estudantes que conseguiram entrar nas universidades federais, tecnológicas e institutos bem como compartilharam conhecimento com o “Ciências Sem Fronteira”. Lula representa todos\as cidadãos\ãs que melhoraram a sua qualidade de vida por meio da ampliação de oportunidades no período em que ele foi Presidente. Lula representa um Brasil melhor para os\as brasileiros\as!

Assistimos no último período um Golpe que tirou a Presidenta Dilma do poder, avançou sobre os direitos do povo e, agora, avança sobre a democracia, subvertendo as instituições. Temos uma parte do Judiciário enriquecido, refém de interesses outros que não a Justiça e em conluio com uma mídia burguesa de perfil unicamente empresarial, avesso à informação verdadeira e pautada pela opinião dos donos dos editoriais. Tudo isso financiado pelo capital estrangeiro e “tietado” pelo empresariado médio brasileiro que prefere esquecer todo o investimento do período Lula para alimentar uma imagem elitista de patrão ao lado do patrão, contrário ao trabalhador empregado. Vivemos a ilustração mais perfeita da luta de classes.

Neste momento, nós, do Partido dos trabalhadores de Maringá, posicionamos a nossa militância, mandatos e lideranças do lado certo da história. Nascemos e seremos eternos ao lado do povo mais pobre e trabalhador. Por isso, defendemos Lula, as conquistas que o seu Governo trouxe para nossas cidades, Estado e País. Defendemos o direito de ampla defesa e da fiel interpretação da Constituição, que garante presunção de inocência. Defendemos um processo justo em que seja apresentado provas concretas para se condenar. Defendemos a democracia em sua plenitude. Estamos ao lado de Lula e não nos curvaremos à violência fascista de uma elite de “pato-idiotas” e “manifestoches”.

Como resistência, orientamos nossa militância a nos somarmos aos milhões de defensores\as de Lula e lutar pelo país que acreditamos.  Estaremos preparados e dispostos a resistir, avançando onde e quando for necessário avançar, ocupando onde e quando for necessário ocupar e parando onde e quando for necessário parar. Nossa resistência é ao Golpe vigente e nossa radicalidade é de encontro à Democracia! #EmResistência #LulaLivre

Carlos Emar Mariucci – Presidente do PT Maringá