MP manda arquivar denúncia contra Mercadante por falta de prova

O Ministério Público de São Paulo mandou arquivar por falta de provas uma denúncia que pesava sobre o ex-ministro da Casa Civil, Aloízio Mercadante. A decisão foi tomada pelo promotor eleitoral Luiz Henrique Dal Poz.

“Cruzamos os dados e não foi possível obter provas que sustentassem o que foi dito na delação”, afirmou o promotor na decisão, divulgada pelo site G1.

Mercadante havia sido acusado após delação premiada de Ricardo Pessoa, empreiteiro da construtora UTC, que depôs na operação Lava a Jato.

O promotor ainda afirma que os valores citados foram declarados pelo então candidato e as contas aprovadas sem ressalvas.

“A doação de R$ 500 mil, sendo R$ 250 mil oriundos do grupo UTC Engenharia e R$250 mil oriundos da empresa CONSTRAN, consta da prestação de contas oficial do candidato Aloízio Mercadante Oliva, a qual fora aprovada sem ressalvas”, disse Pessoa.

Da redação da Agência PT de notícias, com informações do G1