Cresce percepção sobre a farsa do julgamento do triplex da OAS

Mesmo com toda a campanha midiática e da Rede Globo para demonizar o ex-presidente Lula e fazer passar a ideia de que pertence a ele um imóvel que nunca esteve em seu nome e do qual ele nunca teve as chaves, está ficando cada vez mais claro para a população a farsa montada em torno do triplex da empreiteira OAS e a condenação do líder absoluto das pesquisas eleitorais.

De acordo com números de pesquisa do Instituto Datafolha divulgados nesta quinta-feira (1), quase metade da população (44%) já se deu conta que o julgamento de Lula não seguiu os ditames legais e que, portanto, o ex-presidente não deveria ser preso. Este número era de 40% em setembro do ano passado. Quanto mais as pessoas se informam sobre o assunto, mais percebem os problemas ligados ao julgamento politizado do ex-presidente.

Na mesma pesquisa, a maioria (76%) brasileiros declara ter tomado conhecimento do julgamento do ex-presidente Lula, na última semana. Apenas 24%, porém, estão bem informados sobre o assunto, e os demais estão mais ou menos informados (42%) ou mal informados (9%), além dos 24% que não tomaram conhecimento.

Entre os menos escolarizados, 66% tomaram conhecimento do julgamento, e 16% estão bem informados sobre ele. Na parcela dos mais escolarizados, o índice de conhecimento atinge 93%, com 46% se declarando bem informados a respeito.
O povo quer Lula na urna!

Divulgada uma semana depois do acórdão do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que manteve a condenação do ex-presidente, a pesquisa mostra que, apesar da perseguição política, da condenação sem provas, e do que tentam fazer alguns juízes e desembargadores, o povo quer Lula na urna!

Tanto que o percentual de eleitores e eleitoras que afirma não saber em quem votar ou que declara voto branco ou nulo sobe de 16% para 28% caso Lula seja impedido de se candidatar. Se somado ao número de indecisos, o total dos que deixam de escolher um candidato chega a 36%.

*

Foram realizadas 2.826 entrevistas pelo instituto DataFolha em 174 municípios brasileiros entre os dias de 29 e 30 de janeiro. Os resultados apresentam margem de erro de dois pontos para cima ou para baixo. A pesquisa foi registrada no TSE com o número BR 05351/2018.

Da Redação da Agência PT de Notícias