Seguidores pró-bolsonaro agridem mulheres em carreata Haddad Manu em Maringá

Neste sábado (6) ocorreu a carreata Haddad Manu em Maringá, que reuniu cerca de 2 mil pessoas.

Entretanto, eleitores pró-bolsonaro agrediram mulheres que estavam dentro de seus veículos.

Ha realatos que o mesmo agressor passou de moto quebrando faróis, lanternas e chutando a lataria dos veículos.

Uma das mulheres que foram agredidas está internada no UPA Zona Norte.

Neste sentido, Carlos Emar Mariucci (presidente do PT Maringá) manifestou repúdio a qualquer tipo de agressão, visto que isso abala o estado democrático de direito.